Agricultura Zero-Kilômetro: estratégias para prosperar

Agricultura zero-kilômetro é o apelido carinhoso para as urban farms de todo mundo. Se você considera a hipótese de levar a sério seu trabalho como agricultor urbano e realmente produzir comida (e ainda ganhar um dinheiro em cima do seu telhado), sugiro que dê uma olhada em 4 estratégias do design em permacultura para tornar mais produtivo seu pedaço deste latifúndio:

Estratégia horta urbana.001

(1) A primeira coisa que você precisa se preocupar é em PRODUZIR alguma coisa. Devido aos altos custos dos espaços dentro das cidades (aluguel/condomínios), a principal pergunta neste momento é: quantos R$/m2 consigo ganhar aqui com meu trabalho? O segredo está em intensificar ao máximo a produção de solo consorciando cultivos e animais. Com o chão ocupado, o próximo passo é desenvolver sistemas de produção desconectados do solo (hidroponia, vasos, caixotes, etc.) e decolar para cultivos em espaços elevados: varandas, sacadas, floreiras, jardins verticais e jardins de cobertura / telhados verdes. Lembre-se: cuidado com o planeta, cuidado com as pessoas, compartilhar seus excedentes.6070030_how-vertical-farming-is-revolutionizing_t36257682

(2) ADICIONAR VALOR. Com a colheita encaminhada, você irá perceber que nem todas os produtos serão vendidos imediatamente, então uma estrutura para processamento e armazenamento passa a ser fundamental. Fermentação, pasteurização, esterilização, defumação, secagem, congelamento – são algumas técnicas que você pode experimentar para produzir verdadeiras delícias. Outro ponto importante aqui são as opções para distribuição: bike, motoboy, VUCs, correio… conexões diretas entre produtor-consumidor são sempre as opções mais saudáveis e sustentáveis.2011-07-12-BikeFarmIllustration

(3) Quer aumentar o impacto do seu jardim? OTIMIZAR AS MÚLTIPLAS FUNÇÕES da sua horta ou produção agrícola certamente a tornará mais estável e eficiente – incluo aqui seus usos para ações sociais, recreação, paisagismo, controle térmico e acústico, captação de água da chuva, etc.

(4) CONECTAR RECURSOS – aumentando as conectividade espacial das atividades envolvidas com a produção da horta, temos a possibilidade de trabalhar em ciclo fechado visando reciclar a água de reuso de irrigação; se inserir na cadeia de aproveitamento de resíduos de podas e limpeza urbana; compostagem com restos de processamento, iniciativas de promoção & marketing para food hubs, etc.

Quer saber mais? Inscreva seu email na página inicial do Studio Cidade Jardim ou envie uma mensagem para agriculturaurbana@institutocidadejardim.com.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s